Mercado de automóveis de luxo no Brasil: Acura, BMW e Cadillac!

A Honda Motor Co. do Japão disse na segunda-feira que planeja vender sua marca Acura no Brasil a partir de 2015, tornando-se a mais recente fabricante de automóveis a apontar sua linha de veículos de luxo no mercado de consumo de alto nível do país.

O CEO da Honda, Takanobu Ito, anunciou a chegada da Acura no show de automóveis de São Paulo, onde a Honda não era a única empresa a olhar para um mercado de carros de luxo que cresceu quase sete vezes em cinco anos.

“Os ricos estão se tornando mais ricos no Brasil”, disse o chefe sul-americano da General Motors, Jaime Ardila, a jornalistas no show. “É hora de começar a pensar em trazer Cadillac para o Brasil”.

Aumento de salário para profissionais

Aumentar os salários, especialmente para os profissionais escassos e altamente qualificados, fizeram do Brasil um ponto brilhante no mercado global de bens de luxo. Mas Honda e GM disseram que as vendas de carros de luxo no Brasil ainda são muito escassas para considerar tornar-se uma base para a produção de suas ofertas de mercado.

Aumento de Salários

A montadora alemã BMW AG, por outro lado, decidiu mergulhar com um investimento de 200 milhões de euros (US $ 261 milhões) em uma fábrica brasileira anunciada na segunda-feira, depois que os principais executivos se encontraram com a presidente Dilma Rousseff.

A BMW apresentou um conceito no ano passado, que previa a versão do mesmo carro, o Concept Z4. O modelo de produção será um descapotável badged como o Z4 que substitui o carro do mesmo nome que saiu da produção em 2016. A versão da Toyota deverá ser apenas um cupê e colocar mais ênfase no desempenho.

A nova fábrica no estado do sul do Brasil, Santa Catarina, começará a produzir no final de 2014 a uma taxa de cerca de 30 mil veículos por ano, disse o vice-presidente, Ian Robertson, a repórteres.

Isso é um salto acentuado dos cerca de 15 mil carros importados BMW vendidos no Brasil no ano passado, encurralando quase um terço do segmento automotivo high-end do Brasil. Os veículos de luxo representam apenas 1,3% das vendas no quarto maior mercado automotivo do mundo.

Brasil, China

A Ford Motor Co. disse em agosto que lançaria sua marca Lincoln de luxo na China dentro de dois anos, mas o chefe de vendas global Jim Farley disse na segunda-feira que a montadora dos Estados Unidos não tem planos de levar a marca para o Brasil.

Brasil e China

“Nós não temos nenhum anúncio para fazer aqui sobre Lincoln expandindo além (China), mas, obviamente, enquanto atualizamos toda a programação, continuaremos a olhar para onde faz sentido”, disse ele a repórteres no show de automóveis.

“Depois que executamos perfeitamente lá (na China), podemos conversar mais sobre a expansão global”. A GM já está empurrando para aumentar as vendas da Cadillac na China, mesmo com o valor dpvat SP o maior mercado de automóveis do mundo, e espera competir pela liderança em vendas de carros de luxo no mercado americano dentro de alguns anos.

Brasil e China

Ardila, da GM, disse que enquanto a empresa está considerando vender Cadillacs, o portfólio da marca não se expandirá para incluir a marca européia Opel ou Buick. “Nossas marcas no Brasil seriam Chevrolet e Cadillac. Só isso”, disse ele.

A Mercedes da Daimler AG foi a primeira montadora de luxo a construir carros no Brasil, começando em 1999, mas interrompeu a produção de carros em dezembro de 2010 e mudou para veículos comerciais.

Carros Honda no Brasil

O CEO da Honda, Ito, também anunciou planos para atualizar os pequenos carros da empresa no Brasil, o Fit e City, e trazer um SUV compacto no mercado como parte de uma revisão de linha começando em 2014.

Carros Honda no Brasil

Os novos veículos fazem parte do empurrão da Honda para vender 1 milhão de automóveis no Brasil nos próximos cinco anos, aumentando o ritmo de vendas de cerca de 93 mil veículos em 2011.